Polícia afirma que suspeito de perseguir mulheres em Alto Araguaia não foi preso. Homem acusado não era o autor

Sergio Lopes
Nos últimos dias um caso vem chamando atenção em Alto Araguaia. De acordo com algumas pessoas, um homem está perseguindo mulheres na região do Bairro Gabiroba, fato que está assustando especialmente aquelas que praticam caminhadas ou outra atividades físicas em áreas abertas na cidade.
O fato acabou ganhando repercussão em toda a região, inclusive fotos de um morador do bairro foram veiculadas nas redes sociais dando conta de que a pessoa era o suspeito desse ato. Houve também informações de que um homem de 49 anos havia sido preso após uma tentativa de invasão em uma residência.
Nossa reportagem imediatamente procurou a Polícia Civil para obter maiores informações e o Delegado Dr. José Mauro esclareceu os fatos. De acordo com ele, o suspeito que vinha sendo mencionado em redes sociais na semana passada, ex-presidiário, registrou b.o de injúria na delegacia, apresentou o extrato da tornozeleira eletrônica provando que não estava no local onde ocorreu a perseguição às vítimas.
O segundo suspeito, conduzido na noite de 23/06 é apenas um senhor de idade que estava bêbado e tentou forçar a entrada na casa de uma mulher. De acordo com o delegado a mulher foi ouvida e nem quis representar.
Além disso, as características deles não condizem com as características informadas pelas vítimas, segundo elas o perseguidor é um homem novo e branco.
A polícia continua trabalhando para chegar ao verdadeiro suspeito.
Mais informações no Balanço Geral a partir de meio dia na Record TV de Alto Araguaia.
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
%d blogueiros gostam disto: