Deputado Claudinei cobra nomeação de PCDs aprovados no concurso da Politec

Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa
O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) apresentou requerimento de n.º 50/2022, no dia 9 de fevereiro, em sessão plenária, na Assembleia Legislativa, à Secretaria de Planejamento e Gestão de Mato Grosso (Seplag) para obter esclarecimentos sobre as nomeações de aprovados portadores com deficiência (PCD) do último concurso público da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), em 2017.
O parlamentar explicou que foi identificado a ausência de convocações de aprovados PCDs, a exemplo do polo regional de Rondonópolis, sendo que o concurso vigente encerra em abril deste ano. “Estamos indagando se há previsões para essas nomeações, quais os motivos que não foram inseridos os PCDs nas convocações anteriores, se há possibilidade de prorrogação do concurso. Se abre vagas aos portadores de deficiências e não se nomeia. Para mim, é mais uma ilegalidade e arbitrariedade deste governo estadual”, reclama.
PCD
Segundo a classificada ao cargo de papiloscopista, Liliane de Campos, 35 anos, que possui deficiência auditiva, existe a lei complementar estadual de n.° 114/2002 que prevê 10% das vagas para PCD ou caso a aplicação do percentual resulte em um número fracionário superior a 0,7 (sete décimos), este deverá ser elevado até o primeiro número inteiro subsequente, ou seja, fazer a nomeação dos aprovados com deficiência como a oitava vaga.
“Eu tive contato com a Seplag semana passada, eles não estão seguindo exatamente a lei. Informaram que vão nomear como nono. Essa semana, por exemplo, saiu uma aposentadoria, do polo de Rondonópolis, no município de Primavera do Leste. Uma oportunidade de chamamento de um PCD, a fim de que não ocorra nenhum tipo de exclusão, e sim, uma garantia de inclusão”, comenta a aprovada.
Liliane acrescenta que não pretende entrar com mandado de segurança, pois sabe que será desgastante. Mas, já teve conhecimento que o governo estadual já chegou a convocar aprovados PCDs da Politec para Tangará da Serra e Cuiabá. “No lotacionograma da Politec tem 114 cargos vagos para papiloscopistas e ainda novas aposentadorias que também não estão sendo supridas. É preciso chamar novos classificados e suprir mais vacância e realizar a inclusão de PCDs”, reforça.
“Não existe outra pessoa tão forte e de caráter tão grande de estar brigando por todo mundo. O apoio que a gente busca e vê de esperança é no deputado Claudinei. De todo o perfil que a gente depara, ele é o único que não tem medo de buscar a verdade e a justiça, a gente vê nele e nos sentimos seguros e confiantes”, finaliza a classificada.
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
%d blogueiros gostam disto: