Nutricionistas realizam teste de aceitabilidade com inserção de novo alimento na merenda escolar

Monique Esposito (Estagiária) | Assecom/AIA

Atendendo as normas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), as nutricionistas da Secretaria Municipal de Educação realizam teste de aceitabilidade na inserção de nova refeição nas escolas de Alto Araguaia (MT). A proposta teve início pela Escola Municipal José Inácio Fraga.

O teste de aceitabilidade visa verificar a aceitação das crianças na merenda escolar. O novo lanche a ser inserido é flapê de maracujá, semelhante a uma vitamina ou creme. “Muitos até chamam de mousse. Foi uma proposta nova para adicionar ao cardápio. Então fizemos a votação entre os alunos para aprovação. Isso permite a verificação da preferência dos alunos evitando a rejeição e desperdício”, explica a nutricionista Elaine Garcia Leite.

A nutricionista revela ainda que a proposta veio através de uma das merendeiras da escola.  “Podemos antecipar que muitos gostaram bastante. Vamos fazer a contagem dos votos, se foi boa ou ruim aceitação”, afirma.

Para Maria Eduarda Rezende do 6° ano, o flapê de maracujá está aprovado e poderia ter sempre. “Olha! É bem docinho, tá gelado, tá gostoso, e é de leite ainda. O de leite é melhor do que o de água, então poderia ter mais vezes. Muito bom!”, declarou a aluna.

Segundo o PNAE, a alimentação saudável é importante para auxiliar no crescimento, no aprendizado, no rendimento escolar e na formação de práticas saudáveis dos alunos.

CARDÁPIO NAS ESCOLAS – O cardápio da merenda escolar é variado, segundo a nutricionista. Preparado para cada mês, os alunos se alimentam com sucos naturais da polpa ou da fruta e até a fruta como acompanhamento na alimentação.  Arroz com proteína, seja carne ou frango. Saladas, verduras e legumes que complementam a refeição. De sobremesa, doces como canjica, arroz doce, bolos, bolacha e saladas de frutas.

“É necessário oferecermos esses alimentos para os alunos serem crianças cada vez mais saudáveis. A aquisição das hortaliças, por exemplo, vem por intermédio da Agricultura Familiar, com isso a variedade dos alimentos”, menciona a nutricionista.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
%d blogueiros gostam disto: