AArthur Cabral marca e Palmeiras empata com o Novorizontinorthur Cabral marca e Palmeiras empata com o Novorizontino

Um pênalti defendido por Fernando Prass e o gol do estreante e candidato a xodó da torcida, Arthur Cabral, tudo isso em nove minutos,  fizeram com que o Palmeiras voltasse para São Paulo com um empate por 1 a 1 com o Novorizontino, no primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista, resultado considerado bom, pelo que foi a partida.

O jogo da volta acontece na próxima terça-feira, no Pacaembu.  O confronto teve um caráter histórico. Foi o primeiro jogo do Campeonato Paulista em que o VAR esteve à disposição da arbitragem. O árbitro Raphael Claus teve como auxiliares Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira. E Thiago Duarte Peixoto, que apitou São Paulo x Palmeiras na semana passada, era o árbitro de vídeo, tendo Fabrício Porfirio de Moura e Marcio Henrique de Gois como auxiliares.

A nova tecnologia entrou em ação aos 9 minutos do segundo tempo, quando a arbitragem não viu Antônio Carlos cortar um cruzamento de Danielzinho com a mão, mas o vídeo “entregou” o palmeirense e a arbitragem marcou pênalti, não convertido pelo Novo Horizontino. 

Com a bola rolando, o Palmeiras resolveu assumir as rédeas do jogo, com uma certa cautela. Teve mais a bola no pé, tocava de lado e, para desespero do técnico Luiz Felipe Scolari – que completou 100 jogos no estadual em Novo Horizonte -, insistia em tocar para trás, sem demonstrar ofensividade. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
%d blogueiros gostam disto: