Idoso é preso acusado de estuprar 8 meninas de 7 a 11 anos em escola de MT

Keka Werneck – GD

Foto: Paranatinga News

Idoso de 74 anos foi preso acusado de estupro e investigações de policiais de Paranatinga (373 Km ao sul de Cuiabá) já confirmaram que ele abusou sexualmente de 8 meninas, de 7 a 11 anos, alunas da Escola Municipal Teles Pires, da qual ele era vigia.

O acusado, que foi demitido da escola há 4 meses, após levantar suspeitas, confessou que levava as alunas para uma salinha de brinquedos. Era onde tanto fazia sexo com elas, em alguns casos oral ou mostrava cenas eróticas às pequenas vítimas.

Em pelo menos um dos casos, exame de corpo delito comprovou que houve penetração vaginal contra uma menina de 7 anos. A mãe dela registrou a ocorrência policial, que levou o acusado João Batista do Nascimento à prisão na última quinta-feira (23).

Na sequência deste caso, outras mães procuraram a delegacia e há intenção de chamar atenção de outras.

Delegado Pablo Borges Rigo conduz inquérito dos casos e interrogou as crianças, os pais delas e funcionários da escola. Ele segue interrogando demais arrolados que possam dar detalhes dos crimes.

O investigador Valter Sérgio informa que a cidade está indignada e as mães preocupadas. “As próprias crianças estão confessando tudo, acompanhadas pelos pais e representantes do conselho tutelar”, relata. “Trata-se de um idoso casado, pai e avô de netas da idade das meninas abusadas”

Ele lembra que em 2014 uma menina desta mesma escola foi estuprada e morta aos 9 anos, a Quimberly Ritielly Freitas Sales.

Quimberly foi localizado em um lixão a cerca de 10 km da cidade, depois que a Polícia Civil prendeu o acusado do crime, J.A.C, 24, que confessou o abuso e homicídio da criança.

O crime causou grande revolta na população que tentou linchar o acusado, que já respondia por outro caso de estupro.

“Agora esta escola volta a ser palco de abusos sexuais”, lamenta o investigador.

Direção da unidade já se manifestou publicamente lamentando os fatos.

Post Author: Sergio Lopes